Propósito:

Proporcionar momentos incomparáveis.

Missão:

Transformar trigo em alimentos saudáveis e de qualidade, que tragam satisfação e bem-estar aos clientes, colaboradores, acionistas, e à comunidade.

Visão:

Ser opção número 1 dos nossos clientes, gerando resultado sustentável.

Valores:

  • somos felizes e apaixonados pelo que fazemos;
  • buscamos sustentabilidade do negócio e do meio ambiente;
  • construímos relações honestas e abertas através de confiança;
  • qualidade e inovação estão no nosso DNA;
  • temos compromisso com resultados;

Certificação:

NBR ISO 9001 – Sistema de Gestão da Qualidade

O Moinho globo foi uma das primeiras indústrias alimentícias no Brasil a obter certificações alinhadas com os requisitos da família de Normas NBR ISO 9000, em 1997.

Política de qualidade Moinho Globo Prêmios

Conheça a empresa Moinho Globo - Famiglia Venturelli História

1952

1952

Surge o sonho de um moinho

Ciro Venturelli, proprietário de uma pequena padaria em Sertanópolis, tinha dificuldades em conseguir farinha de trigo de qualidade para abastecer a sua produção. Surgiu, então, a ideia de construir um moinho, mas Ciro precisaria tomar uma importante decisão: numa terra onde todos falavam da riqueza do café, valia a pena abraçar o risco de investir no trigo? Movido por seu forte espírito empreendedor, apostou em sua ideia.

1953

1953

Finalização da Construção em Alvenaria

Movido por seu sonho, Ciro viajou até Curitiba e, posteriormente, ao Rio Grande do Sul em busca de equipamentos para moinhos. Quando retornou, já com a construção de alvenaria do Moinho finalizada, o problema era outro: Não havia trigo plantado no Norte do Paraná para que o moinho pudesse moer. Ciro, então, teve outra ideia corajosa: investir no plantio de trigo, tornando-se o pioneiro dos pioneiros da triticultura.

1954

1954

Equipe Pioneira

O Moinho começou oficialmente suas atividades com a primeira equipe de trabalho formada pelos irmãos Venturelli, os filhos de Ciro: Américo, Ardo, Beppe, Orlando. Mario Venturelli, o caçula, então com 13 anos, já trabalhava na padaria da família. A partir dos anos 1960, Mario passou a atuar diretamente na administração do Moinho. Dedicou-se especialmente aos aspectos estratégicos do negócio e, no final do anos 1960, assumiu posição também no Sindicato das Indústrias do Trigo do Paraná (Sinditigo).

1960

1960

Moinho e Padaria Globo crescendo

O Moinho moía cada vez mais, a padaria fazia cada vez mais pães e a triticultura se espalhava pela região. Foi nessa época que o governo federal incentivou a importação de colheitadeiras, o que permitiu que o Moinho Globo adquirisse novos equipamentos da Europa, aumentando a sua produção.

1960

1960

Farinha de Trigo Famiglia Venturelli

A produção industrial da farinha de trigo Famiglia Venturelli foi iniciada em meados de 1960, mas sua história vem de bem antes. Começou como uma extração especial, proveniente da sêmola mais limpa, de alto grau de pureza, utilizada apenas no preparo de pratos especiais da família dos proprietários do Moinho Globo. Era chamada de “Farinha Flor”. Aos poucos foi ganhando fama e, após criteriosos estudos, lançada no mercado. Ainda hoje continua sendo feita a partir de uma reserva limitada mensal, de forma a manter o padrão da "farinha flor" original, que a coloca com a melhor farinha de trigo existente no país.

1964

1964

Tempos difíceis

Durante o regime militar, o governo, interessado em controlar a triticultura especialmente por causa do compromisso que havia de comprar trigo dos Estados Unidos, instituiu medidas para fazer com que o parque moedor se tornasse imóvel. Não eram permitidas novas instalações de moinhos, e tampouco expansão dos existentes. Foi um período estagnado, com a triticultura nacional esmagada e congelada.

1966

1966

Firme diante das adversidades

Apesar do momento engessado, o Moinho Globo não parou de crescer. Enquanto 90% dos moageiros tinham sido prejudicados com a criação do sistema de cotas, conseguiu manter-se firme em meio às adversidades e limitações: graças à qualidade da farinha e ao compromisso de sempre percorrer as linhas de venda, a clientela só aumentava. Foi decidido, então, construir um novo e moderno moinho.

1967

1967

Aumento das Cotas

Com a construção do novo moinho concluída, o governo ainda colocava entraves no fornecimento de trigo. Além de comprovar a suficiência da cota, o Moinho Globo precisou aumentá-la e fez isso através da aquisição de outros três moinhos e parte de um quarto. Ao final de todo o processo de compras, Moinho Globo tinha saltado de oito toneladas/dia de moagem para 40 ton/dia.

1989

1989

Reforma e novos rumos

Com o governo federal finalmente desatrelando o setor moageiro de trigo de sua tutela, surgiu a realidade da competitividade do mercado livre. Para sobreviver no mercado, seria necessário moer, no mínimo, 100 toneladas/dia. Crescer era uma necessidade, e, para isso, foi realizada uma grande reforma interna. Mario Venturelli, filho de Ciro, e Giancarlo Venturelli, neto do fundador e filho de Orlando Venturelli, assumiram a direção da empresa a partir desse período. Nesta realidade, o Moinho Globo não parou mais de crescer.

2005

2005

Nova ampliação da capacidade de produção

Neste ano, a empresa passou por uma de suas maiores ampliações: a implantação de uma nova unidade, que aumentou a capacidade de produção em 51%, representando uma evolução para 450 toneladas/dia. Fase marcante, que consolidou o Moinho Globo como uma das maiores e mais modernas indústrias do setor.

2012

2015

Profissionalização da direção

Foi iniciado o processo de profissionalização da direção, com a contratação de experts em administração e aconselhamento, visando a governança corporativa. Também neste período a empresa estabeleceu o plano de sucessão familiar e foi criado o Conselho de Administração, presidido desde estão e até os dias atuais por Mario Venturelli. Giancarlo Venturelli, filho de Orlando Venturelli – já falecido - ocupa a presidência executiva e Paloma Venturelli, filha de Mario, assume a vice-presidência.

2013

2015

Um bairro para os funcionários

O Residencial Moinho Globo foi entregue em 2013, com 141 casas, ocupando terreno de mais de 48 mil m² ao lado da Afumg (Associação dos Funcionários do Moinho Globo) e do local onde viria a ser construída a nova planta industrial. As casas nesse residencial custaram para os colaboradores cerca de 40% menos que a média do mercado, graças ao envolvimento da empresa, que viabilizou o capital para que a Afumg pudesse adquirir o terreno e também empreendeu a obra.

2014

2015

Mais um grande passo

Apesar das adversidades marcantes no cenário econômico, no ano de 2014 iniciam-se as obras do Novo Moinho, em terreno de cerca de 110 mil m2, com área construída de 25 mil m2. A nova planta localiza-se próxima da Associação de Funcionários do Moinho Globo e do Residencial Moinho Globo. Um projeto planejado, construído passo a passo, seguindo os conceitos e valores que sempre foram priorizados na gestão da empresa.

2017

Moinho Globo 2017

Nova unidade industrial em operação

Moderna, totalmente automatizada, sustentável e estrategicamente localizada, a nova unidade de produção é um marco na história de conquistas da empresa. Foi oficialmente inaugurada em solenidade realizada dia 28 de abril de 2017. A capacidade de produção é de 600 ton/dia, em duas linhas de moagem, podendo chegar a 1000 ton/dia. Os equipamentos são de última geração, todos novos, comprados da fabricante suíça Buhler.

Moinho Globo 2017

Hoje e sempre

Produzir melhor e com mais qualidade, buscar o aprimoramento no momento presente para poder avançar e crescer cada vez mais são os desafios que movem o Moinho Globo e os membros da Famiglia Venturelli que estão à frente do negócio, honrando o legado de empreendedorismo e o espírito de luta do fundador, Ciro Venturelli, e de seu filho, Orlando Venturelli, que dedicaram suas vidas a construir uma empresa que hoje é referência no setor moageiro em todo o Brasil.

Política de Qualidade

Nosso compromisso é fornecer farinhas de trigo, semolinas, pré-misturas e farinhas tipificadas com qualidade, superando as expectativas dos clientes e respeitando as legislações. Buscamos excelentes resultados, que assegurem a sustentabilidade da empresa e meio ambiente, além do crescimento profissional de nossos colaboradores e melhoria contínua da gestão da qualidade.

Assinar Newsletter


© Moinho Globo - desde 1954 | Todos os direitos reservados

Agência Digital: K2 Estratégia Digital