Ilustração da Receita de Farinha semolina e seus benefícios 30 de janeiro de 2019 1

Farinha semolina e seus benefícios

A cultura de cereais surgiu por volta de 11.000 a.C. e representou uma evolução em termos de sociedade e de tecnologia para o ser humano. Em termos de cultivo, o trigo é o segundo cereal mais plantado no mundo, perdendo apenas para o milho.

Em terceiro lugar, vem o arroz, com sua maior predominância entre os asiáticos. Estes três cereais são componentes básicos da alimentação humana em diversos lugares do mundo inteiro e simbolizam a fertilidade, a bonança e a união dos povos em torno da mesa.

O trigo é vastamente utilizado na culinária para a produção de pães, massas, bolos, biscoitos e é difícil imaginar que em nosso cotidiano nós não o utilizemos em diversas preparações e pratos, porém, não em sua forma in natura.

Mas você conhece a variedade de trigo semolina? Afinal, o que é Semolina?

A semolina é proveniente de uma espécie de trigo chamada Triticum durum, uma variedade importada e mais dura do grão que é mais utilizada para a produção de massas como a macarrão, lasanha ou nhoque.

A farinha semolina é mais dura, e possui textura mais granulada e grossa do que a da farinha comum. Sua utilização garante uma série de benefícios à saúde e é ingrediente destaque em diversas receitas culinárias.

Diferenças entre a farinha comum e a farinha semolina

A farinha como conhecemos é derivada da moagem do trigo e de seu processamento. No Brasil, a farinha branca e integral é, em sua maioria, derivada da espécie de trigo conhecida como Triticum aestivum, uma gramínea bastante cultivada no solo brasileiro.

Essa variedade é menos dura, menos densa e mais comumente utilizada para a produção de farinhas leves, ingrediente fundamental para pães, bolos e biscoitos.

A farinha semolina é um subproduto da moagem do trigo T. durum, que é importado e é mais duro, ideal para a produção de massas como a do macarrão ou da lasanha.

A farinha semolina preserva os nutrientes

Por causa da sua textura mais granulada e dura, durante a moagem da farinha semolina, são preservados os seus nutrientes, afinal, não existe tanto dano aos grãos quanto o que acontece com a farinha branca ou integral comum. Isso garante uma maior quantidade de proteínas e vitaminas do complexo B na preparação das massas alimentícias.

Pode ser usada para preparar diversas receitas

Apesar de a farinha de semolina ser mais utilizada para a produção de massas alimentícias como macarrão, ela também pode e deve ser usada em outras receitas para conferir um sabor diferenciado a elas. Uma receita bastante conhecida é o pão de semolina, que acompanhado de um bom café proporciona um sabor incomparável. Isso sem falar na produção de massas caseiras, como nhoque e macarrão, que conferem um sabor especial a qualquer preparação.

A farinha também pode ser uma alternativa deliciosa e viável para engrossar sopas e caldos.

Tem mais proteína do que a farinha branca

A variedade do grão que produz a farinha semolina possui uma quantidade maior de proteínas e vitaminas do complexo B em comparação com a farinha comum. Além disso, a absorção do carboidrato é mais lenta, reduzindo o seu índice glicêmico durante o consumo. Uma alternativa viável para quem deseja perder peso.

Textura adequada para as massas

A farinha de semolina possui a textura adequada para a produção de massas, pois, a dureza do grão permite que seja realizado o cozimento ideal da massa para o acréscimo de molhos quentes ou recheios.

Ideal também para as receitas de massas caseiras e fresquinhas. Adeptos do veganismo comumente utilizam a farinha em suas receitas de massas, bolos e pães também, como uma alternativa mais saudável e saborosa.

A farinha de semolina possui uma série de benefícios em sua utilização. Esperamos que vocês tenham gostado das dicas e de saber mais acerca do trigo e dessa variante tão presente na mesa de pessoas do mundo inteiro. Continue acompanhando as nossas dicas por aqui!

Compartilhar: